Curta Balada
WGP Kickboxing #26 em Guarapuava/PR
WGP Kickboxing #26 em Guarapuava/PR

WGP #26 leva ao Paraná disputa de cinturão entre Guto Inocente e Felipe Micheletti. Atletas se enfrentam pelo título até 94kg; cidade de Guarapuava também recebe GP para definir primeiro desafiante de Alex Pereira na categoria até 85kg

O maior evento de trocação da América Latina vai desembarcar no sul do Brasil, na cidade de Guarapuava, no Paraná. Dia 5 de setembro, o WGP Kickboxing realiza sua 26ª edição, cuja luta principal define o campeão da categoria até 94kg, em confronto entre o ex-lutador do UFC Guto Inocente e Felipe Micheletti. Também no WGP #26, o Challenger GP credencia o campeão que vencer dois adversários na mesma noite a desafiar Alex Pereira, recém-coroado com o cinturão na categoria até 85kg. Os ingressos já estão à venda em estabelecimentos do município.

A principal luta da noite colocará frente a frente dois fenômenos da luta em pé. O sorocabano Felipe Micheletti tem apenas 24 anos e já foi campeão brasileiro do WGP e vice-campeão mundial da Wako (World Association of Kickboxing Organizations). Com cartel de 11 lutas e sete vitórias, sendo três por nocaute, o sorocabano vem de vitória na decisão unânime dos juízes sobre o croatacampeão europeu Toni Milanovic, da Croácia, no WGP #24, que o credenciou a disputar o cinturão. Guto Inocente, por sua vez, é um dos maiores nomes recentes do kickboxing, somando três títulos pan-americanos, dois sul-americanos, cinco brasileiros e um vice-campeonato mundial. Brasiliense, treina na equipe de MMA Blackzilians, nos Estados Unidos, com nomes como Vitor Belfort, e já fez duas lutas pelo UFC.

Novo desafiante até 85kg será definido

No Challenger GP do WGP #26, na categoria até 85kg, quatro atletas de renome fazem as semifinais. De um lado, Rafael Kratos enfrenta Ricardo Soneca, e no outro Ariel Machado pega Junior Alpha, atleta com passagem pelo UFC e que estreia no WGP. Os vencedores vão brigar pelo troféu do GP e o grande campeão se garante como primeiro desafiante de Alex “Po Atan” Pereira, que na última edição do evento, em julho, conquistou o cinturão da categoria ao derrotar Cesinha Almeida na decisão unânime dos juízes.

“O WGP já é sucesso e para mim é o terceiro maior evento do mundo”, elogia Deucélio Rodrigues, diretor nacional da Confederação Brasileira de Kickboxing e organizador local do WGP. “A expectativa para essa edição é a maior e melhor possível, pois estaremos com os melhores lutadores do Brasil, que já defendem o país no exterior inclusive. Certamente teremos grandes combates e um show à parte na luta principal entre o Micheletti e o Guto. O público é bem receptivo, vai lotar o ginásio e não vai se decepcionar. É um povo que gosta de trocação e o WGP em Guarapuava será ainda mais impactante”.

Ao todo, o WGP #26 terá 13 lutas, com destaque também para o quinto combate da noite, que será internacional, na modalidade Low Kicks, e promete agitar o público, já que terá o guarapuavano Bruno Cerutti diante do equatoriano Miguel ‘El Faraon’ Abad. Barbara Nepomuceno, campeã mundial de kickboxing, fará o único duelo feminino da noite, contra Talita Moreno, na categoria acima de 65kg. Rafael Teixeira e David Silveira se enfrentam na categoria até 75kg e entre Eduardo Borba e Vinicius Beretta (até 64,5kg) completam o card principal.

Ingressos: Rede Superpão e www.blueticket.com.br

Curta Balada
Quer anunciar em nosso website? mande e-mail para: contato@curtabalada.com.br