Curta Balada
Seis discos que marcaram a História do Brasil
Seis discos que marcaram a História do Brasil

Como este é o mês da vitrola, nós vamos comemorar relembrando os discos que marcaram e acompanharam a história recente do país.
Das lutas da ditadura, passando pela redemocratização até os dias atuais, algumas bandas e músicos marcaram época com discos memoráveis, que fazem parte de nossa história e cultura tanto quanto marchas, protestos, decretos e passeatas.

Tropicália ou Panis et Circenses

O ano de 1968 ficou conhecido como “o ano que nunca terminou” devido a instituição do AI-5 pelo então presidente, Costa e Silva, dando início ao período mais violento do regime militar, que havia começado quatro anos antes, em 1964.

Neste ano nasceu o disco Tropicália ou Panis et Circenses, pelas mãos de artistas como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Os Mutantes, Gal Costa , Torquato Neto, Rogério Duprat, dentre outros. O álbum foi o manifesto musical da Tropicália, que iniciou uma série de experimentações em diversos campos da cultura brasileira.

https://www.youtube.com/watch?v=KIiwbHqtb7w

Acabou Chorare

Os anos 1970 foram marcados pelo “milagre econômico” brasileiro, em que a abertura para empréstimos e investimentos estrangeiros proporcionou um salto no crescimento da economia brasileira.

Esta década foi marcada pelo lançamento de grandes discos, como Construção, de Chico Buarque, o álbum autointitulado dos Secos & Molhados, A Tábula de Esmeralda, de Jorge Ben, Clube da Esquina, de Milton Nascimento, Racional, de Tim Maia, dentre muitos outros. Entre eles, em 1972 os Novos Baianos lançaram Acabou Chorare, que é considerado pela revista Rolling Stone o disco mais importante da música brasileira.

https://www.youtube.com/watch?v=PQ8oSEwV4KQ

Legião Urbana

O regime militar acabou em 1985 e Tancredo Neves foi eleito indiretamente o primeiro presidente civil dos últimos 20 anos, mas foi seu vice, José Sarney, quem tomou posse.

A década de 1980 foi fortemente marcada pelo rock, que tinha sua maior expressão na capital do país, Brasília. As recém-formadas bandas deste novo cenário musical que estava nascendo no país lançaram seus primeiros discos. Entre elas Ira!, Plebe Rude e Legião Urbana.

https://www.youtube.com/watch?v=adhajymelcg

Ideologia

O ano de 1988 foi marcado pela promulgação da nova Constituição Brasileira, que realizou diversas mudanças significativas na estrutura do país.

Além da Constituição, foi também lançado o disco Ideologia, de Cazuza, e no ano de seu lançamento ele ganhou o prêmio Sharp de melhor álbum. Este foi o primeiro disco gravado por Cazuza depois que ele descobriu que era soropositivo.

https://www.youtube.com/watch?v=YcBkXBuoOw4


Da Lama ao Caos

Na década de 1990, o país já estava redemocratizado e entrava em uma nova fase. Em 1994, Fernando Henrrique Cardoso seria eleito presidente e ficaria no comando do país até 2003.

Neste mesmo ano os recifenses do nação Zumbi estavam lançando o primeiro álbum de estúdio da banda, intitulado “Da Lama ao Caos”, inaugurando a cana Manguebeat, que é um dos movimentos culturais mais importantes do pais.

https://www.youtube.com/watch?v=zvYPxJjrPRA

Convoque Seu Buda

2014 foi marcado por diversos acontecimentos que levaram muita gente para rua. Além das jornadas de junho, que aconteceram no ano passado, neste ano a Copa também causou diversos protestos, assim como as eleições.

O disco lançado neste mês por Criolo dialoga com os tempos atuais e pode ser uma boa pista para começarmos a perceber o que está acontecendo no país através de nossa produção cultural, que, assim como dito no início da matéria, é tão importante quanto marchas, protestos, decretos e passeatas.

https://www.youtube.com/watch?v=HncAs9LeyIQ

Via ObaOba

Curta Balada
Quer anunciar em nosso website? mande e-mail para: contato@curtabalada.com.br