Curta Balada
Saiba quais são os videoclipes mais caros da história
Saiba quais são os videoclipes mais caros da história

A Forbes divulgou, nesta semana, uma lista com os cinco videoclipes de produção mais cara da história. Apenas dois artistas ocupam as posições: Michael Jackson e Madonna, ambos ícones da música pop.
A informação não deveria surpreender, porque são alguns dos poucos artistas de conta bancária condizente com a proporção dos gastos. Mas é curioso constatar que milhões foram investidos em, muitas vezes, vídeos de apenas quatro minutos. Para eles, o registro passou a ter uma forma artística que ia muito além de simplesmente promover o disco ou o single.

Confira abaixo a lista, juntamente dos videoclipes:

1°. Michael Jackson e Janet Jackson: “Scream” (US$ 10,7 milhões): originalmente, o clipe mais caro da história deveria custar “apenas” US$ 7 milhões. É o primeiro single do disco “HIStory”, de 1995. Estima-se que cerca de 64 milhões de pessoas assistiram o vídeo apenas na época de seu lançamento.

https://www.youtube.com/watch?v=0P4A1K4lXDo
2°. Madonna: “Express Yourself” (US$ 9,4 milhões): o clipe mais caro à época em que foi lançado, no ano de 1989, “Express Yourself” deveria custar US$ 5 milhões, mas extrapolou o orçamento em quase o dobro. O vídeo foi inspirado no filme de ficção científica alemão “Metropolis” e tem a direção de David Fincher (“O curioso caso de Benjamin Button”, “A Rede Social”, entre outros).

https://www.youtube.com/watch?v=GsVcUzP_O_8
3°. Madonna: “Die Another Day” (US$ 7,9 mihões): um caso em que o clipe salvou a música. A canção recebia muitas críticas da imprensa especializada quando o vídeo, que deveria ter custado US$ 6,1 milhões, estreou. A temática é inspirada em filmes de James Bond e faz parte da trilha sonora do filme “007: Um novo dia para morrer”.

https://www.youtube.com/watch?v=BfvD_brrrTc
4°. Madonna: “Bedtime Story” (US$ 7,7 milhões): o terceiro da rainha do pop na lista. “Bedtime Story” não é uma das músicas de maior sucesso da cantora, mas o clipe entrou para a história justamente pelo requinte. O vídeo estreou em teatros de Nova Iorque e Chicago, Estados Unidos. Hoje, está em uma coleção do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque.

https://www.youtube.com/watch?v=CSaFgAwnRSc
5°. Michael Jackson: “Black Or White (US$ 6,9 milhões): o carro-chefe do disco “Dangerous” tem um dos clipes mais memoráveis – e caros – da história. A música tem pouco mais de 4 minutos, mas o vídeo tem mais de 11 minutos. A estreia aconteceu ao mesmo tempo em todos os canais de música da época (MTV, BET e VH1), além da FOX. Estima-se que 500 milhões de pessoas assistiram ao registro apenas em sua estreia, em 27 países.

https://www.youtube.com/watch?v=F2AitTPI5U0

Curta Balada
Quer anunciar em nosso website? mande e-mail para: contato@curtabalada.com.br