Curta Balada
Madonna se compara a Picasso: “Continuou pintando até morrer”
Madonna se compara a Picasso: “Continuou pintando até morrer”

Madonna negou que o seu processo criativo tenha diminuído com a idade. Em entrevista a Billboard, ela afirmou que não há “data de validade para ser criativo”. A prova disso é o lançamento de Rebel Heart em março desse ano, seu 13º álbum de estúdio.

Aos 56 anos, a estrela do pop acha que artistas devem parar suas carreiras quando não têm mais nada a dizer. O que, claro, não é o seu caso. “Eu gosto de me comparar a outros artistas, como o Picasso. Ele continuou pintando até o dia em que morreu. A vida o inspirava, então ele tinha que continuar se expressando, e é assim que eu me sinto”, disse.

A cantora lança a Rebel Heart Tour no dia 9 de setembro em Montreal, no Canadá. A turnê inclui mais de 60 apresentações pela América do Norte, Europa, Austrália e Ásia.

“O tema que quero explorar neste show é, mais do que tudo, o amor e o romance. Quero que as pessoas saiam inspiradas do show, como se tivessem visto e sentindo algo como nunca antes”, disse Madonna.

A Rainha do pop afirma que escolher o repertório para o show está sendo uma difícil missão, já que ela quer cantar suas músicas recentes, mas também agradar aos fãs de longa data.

“Eu tenho canções com 32 anos. Eu me sento por semanas e mais semanas tentando descobrir o que quero trazer do meu repertório antigo. É um quebra-cabeça, já que tanto as músicas novas quanto as antigas têm que caminhar juntas”, explicou.

fonte:billboardbrasil

Curta Balada
Quer anunciar em nosso website? mande e-mail para: contato@curtabalada.com.br