Curta Balada
Guitarra de John Lennon pode ser vendida a R$ 2,4 milhões
Guitarra de John Lennon pode ser vendida a R$ 2,4 milhões

Uma guitarra rara de John Lennon pode ser vendida a 600 mil libras, equivalente a R$ 2,4 milhões. As informações são do site Sky News.

O ex-beatle deu o instrumento, uma Gretsch 6120, ao primo David Birch um ano após usá-lo para gravar a música Paperback Writer.

O single foi produzido em 1966 nos estúdios da Abbey Road, como parte das gravações para o álbum Revolver.

Birch ganhou a guitarra depois de visitar o primo mais velho em sua casa em Weybridge, Surrey, e perguntar se ele tinha alguma que não usaria mais, pois estava tentando formar sua própria banda com amigos.

Sua mãe, Harriet, era irmã mais nova da mãe de Lennon, Julia, e ambas as famílias moravam perto.

Birch conta que foi apenas “atrevido o suficiente” para pedir uma de suas guitarras. “Estava de olho em uma Fender Stratocaster azul que vi no estúdio, mas John sugeriu a Gretsch e me deu.”

O instrumento fazia parte da coleção de guitarras do ex-beatle, que ficava em um quarto de música na parte de cima da casa onde vivia.

Depois de deixar a fábrica da Gretsch em Brooklyn, Nova York, ela teve apenas dois donos documentados: Lennon e Mr Birch.

Segundo especialistas do site de leilões TracksAuction, trata-se da guitarra mais significativa de Lennon à venda nos últimos 30 anos.

Lennon

Paperback Writer, escrita por Paul McCartney e Lennon, ficou em primeiro lugar nas paradas britânicas e norte-americanas.

A licitação online para a guitarra, com venda estimada entre 400 mil e 600 mil libras, começa dia 14 de novembro e termina com um leilão ao vivo no dia 23 do mesmo mês.

O leilão contem mais de 100 lotes de recordações da banda, incluindo uma cópia do álbum Sgt Pepper assinado pelos integrantes.

Curta Balada
Quer anunciar em nosso website? mande e-mail para: contato@curtabalada.com.br